Por que nos comunicamos?

breves palavras sobre...





Nós sabemos que a comunicação é fundamental e especial para a nossa vida, para a convivência em sociedade, para as relações sociais: de negócios, no âmbito familiar, e com os amigos. Comunicar é trocar opiniões. Até mesmo os animais irracionais quando adotam certas posturas corporais e sons estão se comunicando, mas desprovidos de uma consciência, diferente de nós que nos comunicamos conscientemente. Mas ela pode ocorrer sem que percebamos, seja com um movimento involuntário, ou uma intenção impensada. 
Nos comunicamos porque o ser humano é um ser social, ele precisa se relacionar com seu grupo, sua sociedade, seus pares. 
Utilizamos de uma linguagem para nos comunicarmos. Ou seja, utilizamos um conjunto socializado de signos. Quando não conhecemos sobre algo, indagamos: "O que significa isto?" Esta significação é a produção social de sentido. Em outras palavras signo é algo que percebemos e que nos conduz à perceber outro algo.
Muitas vezes nós não conseguimos nos comunicar claramente, não exprimimos exatamente aquilo que queríamos dizer, ou que estávamos sentindo. Não nos preocupemos! Isto pode acontecer com qualquer pessoa, em qualquer circunstância, mesmo as que tem o vocabulário mais vasto, por vezes não atingem o objetivo de exprimirem suas emoções em palavras. Uma breve dica é que, a boa comunicação acontece quando ela é feita com sensibilidade. Não basta ter clareza nas palavras, sermos eloquentes, quando não conseguimos tocar nosso ouvinte de modo sensível, afetuoso. E isto é valido não apenas entre familiares e amigos, vale para o mundo dos negócios, pois, quando há sensibilidade, com honestidade, nos expressamos verdadeiramente e falamos com o coração, transcendemos a comunicabilidade.
Parece fácil, mas não é! Para estabelecermos uma comunicação com eficácia não bastam algumas técnicas de falar bem e pronto, precisamos conhecer nossos afetos e nossa existência. 
Portanto, nos comunicamos porque sobrevivemos juntos, num tempo, num lugar e tentamos entender, ainda que sem resposta quem somos e como vivemos. Porque para cada um de nós contribuirmos com o mundo, através de nossas habilidades, necessitamos da comunicação com os outros.
Por fim, saber ouvir é fator imprescindível numa relação. Falamos melhor, quando ouvimos melhor!

Boa Noite!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Coisas que Morrem e Coisas que Vivem

Entre Murmúrios e Lágrimas